sábado, 30 de maio de 2009

A IMPORTANCIA DA MEMÓRIA DO CORPO

Todo ser humano que chega aqui, neta existência, tem de passar por certos processos de aprendizagem. Mas existe o processo básico! Esse processo eu chamaria de formação de memórias do corpo. Não sou especialista nisto, mas sei de longe que o processo de evolução nos é demonstrado no útero. Aquele período é uma evolução em miniatura. Tudo tem de ser visto novamente para que as células componham suas memórias. Se as células não passarem por todo o processo evolutivo, elas não serão células humanas capazes de se desenvolverem. Assim, entendo que os nove meses de gestação é uma evolução comprimida, porque contém condensados milhões de anos de toda uma evolução humana – o que dá ao corpo uma memória própria. É claro que também existe o outro aspecto da mesma moeda – a memória psicológica –, mas eu não vou comentar! Por fim e para ser mais claro em minha abordagem, lhes digo como exemplo que uma das memórias do corpo é a fome e, o corpo não pode sobreviver sem ela. A mente tem suas memórias, mas elas não são instintivamente para sobrevivência do corpo. Se você diante de uma situação ficou com raiva, existem duas possibilidades: tal raiva pode ser memória do corpo ou da mente. Se sua raiva tiver um valor de sobrevivência, se você não puder sobreviver sem ela, então é uma memória do corpo. Mas, se tal raiva não tiver valor de sobrevivência, então será apenas uma memória mental, um hábito da mente.

Edson Carmo

quinta-feira, 28 de maio de 2009

quarta-feira, 27 de maio de 2009

LAGRIMAS

Lagrima não é sinônimo de dor, tristeza, sofrimento, angustia... Lágrima nem mesmo é sinônimo de alegria – embora há quem chore rindo. Lagrima é sinônimo de um transbordar.


Edson Carmo

INFANTILIDADE X AMADURECIMENTO

Quando sua consciência evolui e você não abandona os velhos hábitos, então tal transformação torna-se opressão. Se você não é mais criança e continua a usar roupas de criança, é certo que você estará deformado pelo simples fato de que as roupas são pequenas e você se tornou grande. Os velhos costumes, a velha tradição, os velhos comportamentos,..., são as roupas feitas para o seu estado passado – o estado da inconsciência. Portanto, abandone o passado, estas roupas estavam corretas na sua infantilidade. Agora elas não servem mais para você. Chegou a hora de trocar todas as roupas velhas, um guarda-roupa novo é necessário.

Edson Carmo

segunda-feira, 25 de maio de 2009

AS PALAVRAS, O ESCRITOR E O LEITOR

Eu não imponho o meu significado, nem o do Aurélio as palavras! As palavras são transitórias, inconstantes... E isso é bom porque lhe permite a sua própria interpretação. Estou usando palavras para levá-lo ao seu próprio significado interior, porque o significado depende do seu estado espiritual, mental, intelectual... Assim, o sentido do que escrevo não é meu, mas seu. Não sou eu quem explico é você quem entende. Minhas palavras são ferramentas, mecanismos para trazer para fora o seu entendimento, nada mais. Nenhuma palavra é acabada, as palavras são processos. Você pode alcançar muitos sentidos através delas - isso depende mais de você do que de quem escreve. A cada momento da humanidade, muitos significados são adicionados as palavras e, enquanto existir interpretação humana, os significados serão para sempre adicionados a elas.

Edson Carmo

sexta-feira, 22 de maio de 2009

MENTE SÃ, CORPO SÃ!

A mente é a parte invisível do corpo, e o corpo, a parte visível da mente. Corpo e mente não estão absolutamente separados. Mas existem as doenças que vêem de dentro para fora, e as que vão de fora para dentro. Essa doenças de alguma maneira interliga a parte visível a invisível, e vice-versa. Assim, se a doença está no corpo visível, tratemos o corpo visível. Se a doença está no corpo invisível, tratemos o corpo invisível. No final os dois corpos – que na verdade é um – ficarão bem.

Edson Carmo

quinta-feira, 21 de maio de 2009

PROIBIÇÕES

Eu ensino ter amor pela Vida. As tradições, as religiões são proibições a Vida. Elas dizem: “Não proves, não toques, não...” As religiões, as tradições, não são a favor do prazer, do gozo e da alegria, por isso mesmo elas proíbem tudo que proporciona estas coisas. Assim, para elas não é a dança que é pecado, mas o prazer que ela proporciona; não é o sexo que e pecado, mas o prazer que ele proporciona. Do contrario não o aprovariam para a reprodução.

Edson Carmo

quarta-feira, 20 de maio de 2009

O CARINHO QUE VEM DA FORÇA

Desde a mais tenra infância somos treinados a entender que nossa fraqueza, nossa doença, nosso choro..., atraem carinho e atenção. Por isso inconscientemente as pessoa estão doentes, mostrando-se fracas, chorando... Tudo isso para obter atenção e carinho. Eu não sou a favor disto, por isso não dou meu carinho, minha atenção – nem mesmo as minhas filhas – quando estão doentes. Eu quero que elas recebam amor, carinho e atenção em sua condição de fortaleza e saúde.

Edson Carmo

sábado, 16 de maio de 2009

A MÃE DE UMA ESPÉCIE DE CULPA

Você se sente culpado porque é programado. Você decide o amanhã antecipadamente como se o conhecesse. Daí você diz: “amanhã farei isso, farei aquilo, farei assim, farei assado...”. Mas quando o amanhã chega, ele vem com suas impossibilidades que não o permite fazer o que você havia dito. Então vêm as cobranças, as reclamações bilaterais, e consigo a culpa. Ora, a programação é puramente mental, e a execução está sujeita ao total. No total está inserido o tempo, o espaço, o cansaço, a emoção e todas as outras manifestações. Não faço no ontem o que você pode fazer hoje.

Edson Carmo

quinta-feira, 14 de maio de 2009

SERMÃO - O QUE CONTAMINA O HOMEM

SERMÃO
MATEUS 15:11

Introdução:

Os cinco sentidos existem e a mente é a coordenadora dos cinco. Quando você olha para mim e me ouve, ouve-me com os seus ouvidos e vê-me com os seus olhos. Mas, os olhos nunca vêem e os ouvidos nunca ouvem.

A mente é quem da significado as informações. A mente faz interpretação da informação recebida através da visão e da audição e apresenta a sua conclusão própria.

Andamento:

01 - Jesus disse:

- "Não é o que entra na tua boca que te envenena, o que te envenena é o que dela sai."

Se você é uma flor de lótus, nada para si é sujo. Se tiver a capacidade de ser uma flor de lótus, é porque detém o poder de transformar, o poder da alquimia. Nesse caso, pode permanecer na lama e ainda assim ser uma flor. Mas se não possuir essa capacidade, mesmo que viva mergulhado em ouro só produzirá lama.

O importante não é o que entra em ti. A questão é que, se estiver centrado em Deus, no amor, o que quer que entre em ti será transformado – adquire a qualidade do teu interior e sai.

02 - Foi-lhe dado veneno, mas o que dele brotou foi o amor. Esta é a alquimia.

Jesus quis dizer:

- "Não é o que entra na tua boca que te envenena – mesmo o veneno pode não te envenenar – o que te envenena é o que dela sai."

Tome consciência da forma como transforma as coisas, se alguém o insulta, se o alimenta com um insulto, isso não deverá corrompê-lo.

O que sai de ti nessas circunstâncias?
Como é que transforma esse insulto?
O que sai de ti é amor ou ódio?

03 - Jesus quis dizer:

- "Lembra-te sempre do que sai de ti, e não te preocupes com o que entra."

Se pensarmos continuamente no que entra, nunca conseguiremos desenvolver a capacidade da transformação.

O importante é o que sai de nós, e por isso que devemos ter sempre em mente que temos de transformar o que entra em nós.

Conclusão:

O que entra em nós não pode nos macular, porque o que quer que entre, entra no corpo. No entanto, tudo o que sai de nós vem impregnado da nossa qualidade, daquilo que é de fato o nosso ser.

terça-feira, 12 de maio de 2009

FAZER OU ACONTECER?

Por muito tempo usei apenas a mente na compreensão das coisas. Tudo era muito lógico, racional, frio... Depois eu vim a saber que não estou trabalhando, as coisas estão acontecendo através de mim. Eu percebi que mesmo que planejasse alguma coisa, essa coisa nunca saia da maneira que eu planejei. Olhe as sua ações, as suas palavras..., você não pode saber o que acontecerá – e como acontecerá – no minuto seguinte. E foi com essa percepção que entendi que nada é feito por mim, nem pela matéria. Assim eu não estou fazendo, eu estou acontecendo. O simples fato de eu estar aqui neste planeta mostra que não sou um fazer e sim um acontecimento. Por isso eu sei que não faço coisas, as coisas simplesmente acontecem por meio de mim. Lembre-se, eu não afirmo isso por meio da intelectualidade – nem você pode entender isso por meio de intelectualidade. Eu afirmo essas coisas pelo saber; e o saber não é uma experiência da informação ou de memorização. Saber é a experimentação no sangue, no paladar, na respiração...

Edson Carmo

domingo, 10 de maio de 2009

MEDITAÇÃO

Se estiveres sem sono, não tente dormir. Se estiveres sem fome, não coma. Não cometa nenhum estupro contra si. Aproveite este momento de não-querer e medite. Olhe para dentro de você. Olhe para os seus sentimentos e também para os seus pensamentos. Existem dois tipos de meditação: a reflexiva e a contemplativa. Por meio delas contemple o que está dentro de você: suas crenças, seus medos, seus desejos, seus treinamentos e condicionamentos mais profundos. Lance a Palavra de Deus sobre tudo isso. Lance Luz sobre tudo isso e então só o que é de Deus sobreviverá dentro de Você.

Edson Carmo

sexta-feira, 8 de maio de 2009

SER OU NÃO SER

Existem três centros: O pensar, o sentir e o Ser. Pensar que estou aqui sozinho, é MAYA(Ilusão). Na realidade sinto uma companhia. E é ela quem me faz saber o que sou e de quem sou. Com você não é diferente, veja e escute.

Edson Carmo

terça-feira, 5 de maio de 2009

JESUS, O DESTRUIDOR DE HOMENS VELHOS

Para o velho homem, passar pelo ritual do templo é fácil; passar pela pregação de qualquer pregador também. Mas passar por Jesus e continuar vivo, é simplesmente impossível. Jesus é o fogo que destrói o homem velho e dar surgimento a um homem completamente novo.

Edson Carmo