sábado, 15 de outubro de 2011

O MECANISMO DO CANSAÇO


Muitas pessoas me dizem: “não sei como você agüenta! Trabalhar o dia e a noite e não se cansar!”

Essa é uma questão muito simples de explicar. Observe! Quando as pessoas falam de cansaço, elas estão se referindo ao aspecto físico, mas o cansaço na maioria das vezes é apenas mental.

O corpo físico é muito forte, ele pode permanecer em atividade por muito tempo. Mas por que as pessoas se cansam em pouco tempo?

Vou dar um exemplo: Trabalho o dia todo num serviço matemático, mental. Quando estou nessa atividade, estou mexendo com números, cálculos; estou usando e cansando apenas uma parte do meu cérebro – a parte esquerda, a racional! No entanto, a parte direita – a sentimental – está bem descansada, e é ela a mais utilizada no meu trabalho noturno. Assim, quando uma está cansada, uso a outra – esse é um dos segredos da minha disposição.

Se você tem no dia todo um trabalho mental, não há problema algum no período da noite você ter um trabalho espiritual. Porque o que cansa, é você trabalhar os dois períodos por obrigação. A mente diz: eu tenho que fazer isso e aquilo; tenho que ganhar dinheiro para minha sobrevivência; eu tenho que fazer algo para merecer entrar no céu... A obrigação é um produto da mente, mas a espiritualidade é do espírito. No espírito está a espontaneidade que não cansa. Na mente está a obrigatoriedade que cansa.

Quando vou para o trabalho noturno, não vou de verdade para um trabalho, vou para a alegria, o prazer – vou para os braços do que amo! E isso me renova as forças. Se a noite eu fosse fazer algo por obrigação, por um dever... Certamente há muito tempo eu já estaria cansado, muito cansado!

Espero ter me feito entender,

16 comentários:

Solange disse...

Olá Edson como vai?, interessante sua postagem. Por isso dizemos que o cansaço mental é muito mais desgastante do que o físico.
Beijos da Sol

Edson Carmo disse...

Olá minha querida amiga Sol!!!

Estou sempre ótimo porque essa é a minha escolha.

Estou muito grato por sua participação. Aproveitando quero te desejar um excelente domingo.

Abraço do amigo,

Edson Carmo

Imac by Artes disse...

Interessante e verdadeiro seu entendimento... Não tinha pensado nisso a espiritualidade é um prazer
porque vamos ao encontro com o Pai.
Precioso seu texto! Obrigada.
Abraços! Boa noite e um domingo abençoado.

Graça disse...

Completamente, meu mui querido amigo Edson Carmo!
Explicado de forma clara, concisa e precisa!
Pastor,meu Projeto Adormecer e Acordar Palavras está em uma boa fase, e você fez e faz parte desta realização.
Compreendo que este é um trabalho quase que tão-somente mental, mas procuro incutir nele o espiritual...
Também compreendo que ele é mais humano que divino, porém procuro incutir nele algo de maravilhoso, o sopro de vida da Palavra de Deus.
E assim, ele me realiza!

Um fraterno abraço, querido!
Deus abençoe sua vida e seus dias!
Paz, sempre.

jair machado rodrigues disse...

Caro amigo Edson, oportuno este post (aliás teus post sempre me trazem algo), este toca num ponto que tou passando. Acho que é um misto de cansaço físico e mental, tenho chegado em casa sem a mínima vontade de fazer qualquer coisa, mal consigo colocar uma música, deitar e ficar vegetando até a fome gritar e eu ser obrigado a fazer algo para comer. Meus pensamentos são tristes, as lembranças do trabalho que tanto gosto (tanto gosto ?) são deprimentes, mudei de setor e tenho mais contato com as pessoas e advogados (grande decepção), não suporto mais a falta de educação, a falta de respeito para comigo, pois sempre coloco o respeito antes de qualquer começo de conversa. Tou desanimado, meus remedinhos parecem que perderam o efeito, tenho chorado mais aos finais de semana, sair para a rua é um sacrifício...querido Edson sinto minha alma cansada, só me sinto bem quando durmo, ou, quando consigo dormir e não tenho pesadelos. Desculpa o desabafo, mas teu post me levou a isso...Tenho orado muito, mas parecer naõ surtir efeito, ou está surtindo e não percebo, ou melhor, é um efeito silêncioso que não permite que me jogue no primeiro precipício...mas continuo trabalhando (meu ganha pão), só, falando com as paredes e um nó na garganta que posso cair no choro a qualquer momento (por enquanto tenho esperado os finais de semana). Mas mantenho minha fé em DEUS, assim espero sobreviver...
ps. Que Deus não me abandone, que eu não perca a alegria e vontade de viver...um imenso abraço caro amigo, se bem que eu tou precisando de um.

Lua Nova disse...

Perfeitamente explicado e muito coerente... a verdade é que o que se faz por amor, não cansa!
Beijokas e uma linda semana.

Janise, Com ou Sem Crise disse...

Muito bem explicado e acredito assim também, aprendi isso só observando meu marido, que trabalha muito e com prazer e quase não tem tempo para o cansaço. Meu marido é um exemplo que trabalho não mata, ao contrário e a mente está sempre ativa.
Abraço

Edson Carmo disse...

Querida amiga do blog Imac by Artes,

O espírito é incansável e eterno. Que bom que pude contribuir!!!

Grato pelo comentário. Aceite um abraço do amigo,

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Queria e mui amiga Graça,

Estou amando, acompanhando seu projeto e tendo o prazer de apreciá-lo. Se o humano não fosse importante, por que o Sem Forma teria se manifestado na forma?

Grato por você existir,

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Meu querido e bom amigo Jair Machado Rodrigues,


O que está tirando o brilho da sua chegada em casa é a idéia de que você tem de colocar uma música e que não é certo deitar e ficar vegetando até a fome gritar. Eu pergunto: para que a música? Para que comer antes de sentir fome verdadeira?

Suas lembranças do trabalho são tristes, simplesmente por causa da sua idéia de como o ambiente lá deveria ser. Se o seu respeito, seu tratamento com as pessoas fosse espontâneo, certamente você não estaria aborrecido com ninguém. Mas como ele é uma mercadoria de troca, então você se sente roubado quando dá e não recebe o que gostaria de comprar.

Seus remédios nunca atacaram a doença, você pensava que eles serviam porque eles estavam escondendo os sintomas. Mas agora com a doença generalizada, nada eles podem fazer. Mas algo revelador em seu depoimento, você agora sabe que o verdadeiro problema está na alma. Uma alma feliz, aformoseia o rosto, fortalece o corpo... Então é ela quem deve ser tratada!

Aconselho viver como “se estivesse dormindo”, quem está dormindo mesmo tendo olhos não vê; mesmo tendo ouvidos não ouve. Quem está dormindo não fica pensando – e quando pensa é sonho ou pesadelo. Pesadelo é ruim porque perturba o sono. O sonho é ruim porque entristece o momento desperto. Assim, o ideal é estar acordando funcionando como se estivesse dormindo. Quando aprendemos isso, mesmo acordado, ficamos restaurados como se tivéssemos acabado de dormir. Esse é um segredo espiritual, estar no mundo como se não estivesse no mundo.

Não atente contra seu corpo, não é o corpo quem está com problemas. Se o corpo for morto, não haverá mais uma outra chance de transformação, porque a alma vai permanecer exatamente no estado em que desencarnou - e ficara no mesmo estado para sempre.

Espero que essa luz de vela que acendi com essas palavras sejam o suficiente para que você enxergue a porta que leva a Luz do Sol da Justiça: o nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Deus não está te abandonando, a luz está circundando você, abra os olhos e você verá a alegria das cores, das formas e de toda forma do viver.

Desejo que você sinta agora uma abraço bem afetuoso do amigo,

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Querida amiga do blog Lua Nova,

Isso, o segredo é viver em amor!!!

Grato pelo comentário.

Abraços do amigo,

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Querida amiga Janise,

Seu marido é um bem-aventurado – parabéns!!!

Muito grato pelo precioso testemunho.

Abraços do amigo,

Edson Carmo

jair machado rodrigues disse...

Obrigado meu amigo Edson, obrigado por palavras que estão me ajudando neste momento crítico em minha vida pessoal e profissional. Que Deus te abençoe ea mim também. Um imenso abraço.

Edson Carmo disse...

Um grande abraço amigo Jair!

Estou sempre por aqui,

Edson Carmo

CLEUSA KLEIN disse...

Alguém disse, que enquanto a mente estiver em atividade ela carrega o corpo, mas, se a mente para, o corpo tbm para. Eu tive este tipo de experiencia numa fase estressante que atravessei. Enquanto a mente estava funcionando o meu corpo acompanhava, mesmo com toda carga que stress que eu estava tendo naquele momento. Mas, chegou uma hora que eu não conseguia coordenar mais nada.... apaguei.

Parabéns por seu blog... gostei

Abraços fraternos.
Missionária Cleusa Klein

Edson Carmo disse...

Querida Missionária,

Muito grato pelo depoimento. Estou seguindo os seus blogs.

Um grande abraço do amigo,

Edson Carmo