sábado, 21 de janeiro de 2012

PARA QUEM É A TUA ORAÇÃO?

Deus já conhece nossas palavras antes que elas nos venham a boca. A oração não é para que Deus saiba de alguma coisa, e sim aquele que ora.

   

6 comentários:

Nâna Pessoa disse...

"Pra cada noite um sol que ilumina
Pra cada chuva um céu que se abre
Cada receio, uma força divina
Pra cada medo uma coragem

Pra cada susto um carinho que acalma
Cada derrota, uma nova vontade
Pra cada choro um sorriso na alma
Pra cada adeus uma saudade

Um coração disposto a vencer
No horizonte corre pra voar
Conquistar, renascer,
Ir mais longe, brilhar.

Pra cada esforço uma fé pra ganhar,
Pra cada esforço uma fé pra ganhar,
Pra cada esforço uma fé pra ganhar,
Pra cada esforço uma fé pra ganhar..."

Pedro Mariano

E sempre uma força maior a nos proteger!

bbbju gde querido!
Nâna

Maria Adeladia disse...

Sim,Deus já nos conhecem! Antes mesmo que peçamos à Ele!

Abraços.

Lu Araujo disse...

Boa noite,amigoo!!!

(rsrs...)

É para que nós nos aproximemos mais e experimentemos o seu grande cuidado e o seu imensurável amor.

Como está escrito:
"Ele me invocará, e eu lhe responderei; estarei com ele na angústia; dela o retirarei, e o glorificarei.

Fartá-lo-ei com longura de dias, e lhe mostrarei a minha salvação. "

(Salmos 91:15,16)

Edson Carmo disse...

Querida amiga Nâna Pessoa,

Sim! Para tudo há a polaridade oposta! Mas o coração sensato impulsiona tudo para a direção correta. Porque o coração sensato tem comunhão com o Divino.


Beijo grande querida!

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Querida amiga Maria Adeladia,

É isso aí! Grato pela participação.

Abraços do amigo,

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Querida amiga Lu Araujo,

Bom dia!

A oração é para nós mesmos reconhecermos o que Deus já sabe: nossas necessidades, nossas fragilidades, limitações... A oração nos faz, não só, conscientes de tudo isso, mas também ficarmos atentos para possuir aquilo que estamos pedindo... Deus dá o sol a todos: Justos e ímpios, Ele dá sustento até mesmo aos pássaros e aos lírios do campo – como não cuidaria de nós?!

Assim a oração é um meio de reconhecimento, e depois, nossa confirmação verbalizada daquilo que precisamos...

Grato pela participação. Aceite um abraço do amigo,

Edson Carmo