sábado, 16 de janeiro de 2010

O MISTÉRIO INCOGNOSCÍVEL


Existem coisas que podem ser respondidas e coisas que não podem ser respondidas. A pergunta: “quanto é dois mais dois?” É uma pergunta que pode ser respondida – é uma questão matemática –, mas será que é possível responder a pergunta: “o que é a vida?” Já faz muito tempo que, dois mais dois é exatamente quatro, não muda! E a vida? Será que não mudou? Será que não está em mutação constante? A vida é um fluxo!

Assim, coisas mortas podem ser definidas, mas como definir coisas vivas? Um defunto é muito previsível, mas como saber de alguém que está vivo, sua próxima palavra, seu próximo sentimento, seu próximo pensamento, sua próxima ação?

Alguém pergunta? “Quem é o Edson?” O questionado responde: “é este!” Apontando para uma foto de mais de trinta anos. Será que a resposta está correta? Será que alguém é capaz de me identificar com uma foto tão antiga?”

Para um eu sou belo, para outro eu sou feio! Essa questão pode ser resolvida? Uma hora encontramos alguém bem humorado, outra hora mal humorado! Qual o humor de tal pessoa? Todo o esforço da ciência é encontrar respostas para todos os porquês, mas isso não é possível. Mesmo que todos os porquês sejam respondidos, ainda restará saber: “Por que a vida existe? Qual o seu significado? Qual o seu propósito?” Essas perguntas não poderão ser respondidas. E muitas respostas sobre essas perguntas já foram dadas, entre elas já disseram que Deus deu vida aos seres viventes para ajudá-los. Mas que tipo de resposta é essa? Se a criação de Deus não pode decidir, não pode agir então qual foi a necessidade de criá-la?

Existem perguntas que não são respondíveis. Qualquer pessoa que respondê-las irá criar mais questionamentos. Portanto saiba: existem as coisas conhecidas, as coisas desconhecidas(as que você ainda vai conhecer) e o incognoscível.

Edson Carmo

17 comentários:

Jakeline Magna disse...

Parabéns pelo belo texto...

Adh2bs disse...

Prezado Edson;
Para a pergunta "o que é a vida?" acompanho o Gonzaguinha; "... fico com a pureza da resposta das crianças, é a vida, é bonita e é bonita."
Entendi que a questão não é exatamente essa. Mas entendamos que para qualquer pergunta, teremos tantas respostas quantas forem as pessoas que se propuserem respondê-las. Viver não seria a própria busca da resposta do por que estamos aqui?
Belo tema para reflexão! Grato por nos provocar...
Grande abraço,
Adh2bs

Irene disse...

ola !

Questionamentos sem respostas sempre irão haver, pois a vida é magica e bela, exatamente, pelos mistérios que ela guarda. Para nós, é dado, apenas, o dever de fazer o melhor enquanto, ainda, nos foi dado o privilegio de viver.

abraços !

Edson Carmo disse...

Querida Jakeline,

Meu trabalho é para que estes textos estejam além das palavras. Meu trabalho é para que eles sejam mais que palavras! Eu sei que meus textos são feitos de palavras, mas se suas palavras forem separadas, elas perderão o sentido. Quando todas as palavras estão reunidas em um sentido, então elas são mais que palavras.

Quero que meus textos tenham identidade própria. Quero que eles tenham sentido. Quero que seus intervalos falem mais que suas palavras, porque quero estar presente neles. O autor só está presente em seu texto quando consegue dizer algo que não está escrito...

Obrigado por seu incentivo, por sua colaboração – sua participação.

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Adh2bs,

Concordo com você! Seu comentário é complementar...

Obrigado por seu apoio a estas mensagens.

Um abraço do seu amigo,

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Amiga querida Irene,

Sim, exatamente!

Abraços do amigo,

Edson Carmo

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Edson
Desculpe-me pela ausência, estava viajando de férias. Voltei
Realmente existem várias perguntas sem respostas. Belo texto.
Forte abraço

Edson Carmo disse...

Olá meu amigo Wanderley,

Espero que sua viagem tenha sido maravilhosa. Obrigado por estar aqui!

Receba um abraço forte do seu amigo,

Edson Carmo

Lumenamena disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lumenamena disse...

O que havia antes de tudo o que conhecemos hoje?
Penso que antes do antes havia o incognoscível, a realidade fora do espaço-tempo, no equilíbrio do movimento, na simetria perfeita, nessa Energia infinita e no Amor transbordante.
Usamos palavras que nada dizem. Simplesmente são sopros que apontam para o Mistério, o Incognoscível.

Um Grande Abraço,
Lumena

Edson Carmo disse...

Amiga Lumena,

A existência é eterna, não tem começo nem fim. O existente – o que veio a existir – têve começo e também terá um fim. No princípio era o Verbo, o Logos, a Palavra em ação. A Palavra, o Verbo criou todas as coisas. Todas as coisas foram feitas por intermédio dEle; e sem Ele, nada do que foi feito se faria. No princípio era o Espírito. Tudo o que existe vem do Espírito. A ordem natural é esta: a matéria veio do Espírito, e não o contrário! Olhe para a cadeira, a cama, o carro... Essas coisas vieram do incorpóreo: da necessidade, do pensamento, da idéia, da criatividade.

Abraços fraternos,

Edson Carmo

Graça disse...

Querido Edson,

sabe o que mais me apaixona???

- justamente o incognoscível!!!...

Bjssss
Esteja com Deus,querido!

Edson Carmo disse...

Querida Graça,

Sem o incognoscível não haveria Deus!!!

É sempre bom tê-la aqui.
Beijos do meu melhor coração,

Edson Carmo

Deus,o primeiro poeta! disse...

Meu mais novo amigo Edson,existem mesmo muitas perguntas das quais nos fogem as respostas...Mas,o que seria das perguntas inconvenientes,chatas e inoportunas,se para todas elas existissem respostas óbvias e nem um pouco surpreendentes?
Que seria de nós,se todos fossemos baseados em respostas prontas e inadequadas?Seríamos,sim,pessoas banais,medíocres,e,porque não não dizer:totalmente efêmeras...
O legal é que,mesmo sem podermos analisarmos tudo tão completamente correto(pela falta de respostas sempre plausíveis e certeiras)o que podemos fazer é contar com uma frase genuinamente verdadeira:
"Quando pensamos ter todas as respostas,vem a vida e muda todas as perguntas..."
Melhor ainda está escrito em DEUTERONÔMIO CAP.29,e verso 29:"As coisas encobertas pertencem ao Senhor,nosso Deus,porém as reveladas nos pertencem,a nós e aos nossos filhos,para sempre,para que cumpramos todas as palavras desta lei."
Vou seguir teu blog,e espero teuscomentários no meu!
Um abraço em Cristo!

Edson Carmo disse...

Minha mais nova amiga Rosi (Deus,o primeiro poeta!),

Muito boas, as suas colocações!

Um abraço em Cristo!

Edson Carmo

cantinho she disse...

Oie! Sensacional! Bem, desde pequena eu sempre quero explicação pra tudo, por achar que realmente tem um porquê pra tudo nessa vida,e esse seu texto foi instigante pra dedéu...rsrs
Belo texto! Parabéns pela ideia!
Bjooo!
She

Edson Carmo disse...

Oie She!

Ótima a sua assertiva, me fez saber um pouco mais de você!

Obrigado pelo carinho!

Beijo do amigo,

Edson Carmo