quarta-feira, 7 de novembro de 2007

O AMOR VERDADEIRO


Encontrar o verdadeiro amor é um processo árduo. É preciso ir bem longe para chegar a esta casa. É preciso bater em muitas portas até encontrar à porta certa.


Cultivar rosas verdadeiras é difícil. Por isso muita gente prefere compra as de plástico. As rosas de plástico não vão enganar o comprador, mas certamente de longe poderá enganar quem passa.


É esse o truque do ego: não pode enganar a si, mas pode enganar os outros.


O amor não pode ser criação sua, não pode ser obra do homem. O amor vem de Deus.

Edson Carmo

2 comentários:

LUmeNA disse...

O amor é o amor, não é criação de ninguém, assim como a verdade é a verdade, não tem forma. Então, Amor é Deus. Por conseguinte, o Amor está em todos. Em mim, em ti, em todos.
Esse amor gerado artificialmente torna o ser humano fraco que causa doenças. Não desenvolvam esse amor.
O amor de Deus é facílimo. Pode-se obtêr imediatamente, basta olhar para Ele e o amor parece ser muito pequeno, mas é tão profundo como um oceano e tão alto como uma montanha.

Abraços!
LUmeNA

Edson Carmo disse...

Minha querida amiga Lumena,

Não se pode medir a altura, a largura e nem a profundidade do amor. Tudo que conhecemos são só apenas aspectos do infinito amor de Deus.

Muito obrigado por seu comentário! Uma ótima semana para você.

Aceite um abraço do amigo,

Edson Carmo