terça-feira, 6 de novembro de 2007

SOBRE AMOR E AMAR


Sobre Amor e Amar A primeira coisa a entender é que Amor é um substantivo e Amar é um verbo. Amor é um nome e Amar é uma ação. A vida não está na pronuncia, existência dos substantivos; ela está nas ações dos verbos. O amor se manifesta nas ações dos verbos, não no estado estático dos substantivos. Substantivos são invenções puramente humanas – são apenas nomes. Os verbos são a constatações de que há vida – a presença de Deus. Ora, quando você chama a pessoa amada de “meu Amor”, você não está sendo correto(a). O seu amado ou a sua amada está em movimento, em crescimento, em desenvolvimento. Um ser humano não pode ser reduzido a um substantivo, a um nome, a um objeto, a uma propriedade - menos que ele(a) morra. O ser humano vivo é um verbo: ele está a amar, a dançar, a cantar, a brincar, a chorar, a celebrar... O ser humano vivo é um fluxo. Amar é um fluxo. A vida é um fluxo!

Edson Carmo

3 comentários:

ataide disse...

E ai meu grande , como esta as ferias , so alegria muita paz e louvor.


Abraço do amigo Ataide Fernandes

LUmeNA disse...

"O ser humano vivo é um fluxo. Amar é um fluxo. A vida é um fluxo!"

Esta é a dinâmica da vida que não se vê, é uma força inevitável que acontece à nossa volta e vivemos sob o efeito diariamente. A diferença está na maneira de sentir.

Abraços,
LUmeNA

Edson Carmo disse...

Lumena,

Sim, exatamente!

Obrigado pelo comentário!

Um grande abraço do amigo,

Edson Carmo