quarta-feira, 7 de novembro de 2007

SABER AMAR


A maioria dos relacionamentos são efêmeros porque as pessoas não sabem o que é amor, não sabem amar. Quando as pessoas começam a se relacionar, elas não percebem que seres humanos não são objetos; elas não entendem que seres humanos são vontades, desejos e sentimentos. Ninguém pode dominar ninguém, mas ainda assim, isso é tudo o que as pessoas estão tentando fazer umas as outras. As pessoas estão estragando a vidas das outras, porque no momento em que elas dominam alguém, elas estão criando inimigos, porque este alguém também quer dominar. As pessoas chamam este ato de amor, de amizade; mas o que existe de verdade é um profundo desejo de dominar - de dominar e não de amar.


E este é todo o conflito da humanidade!

Edson Carmo

2 comentários:

LUmeNA disse...

A humanidade faz da vida um problema. Ao entrarmos em contacto com outro ser humano, temos de compreender que ali está presente a mesma consciência.
Saberemos amar?
Porque amar é uma das coisas mais difíceis do mundo, visto no momento em que se começa a mostrar o nosso amor, o outro ser humano só quer dominar psicológicamnete e espiritualmente.
Então como fazer?

Grande Abraço,
LUmeNA

Edson Carmo disse...

Querida amiga Lumena,

Quando duas pessoas descobrem que são consciência, neste momento passam a existir como unidade e não como dualidade.

O amante deve ser maior que o possuidor. O amor deve ser maior que a possessão. O fogo para beber a água deve ser maior que ela. Se a água estiver em maior quantidade apagará o fogo. Essa é a ordem natural das coisas.

Portanto tenha a maior força e leve o amante a consciência do verdadeiro amor; a possessão desaparecerá.

Obrigado pela colaboração!

Um grande abraço do amigo,

Edson Carmo