sábado, 28 de agosto de 2010

A MÃE DA MENTIRA


”Uma mentira mil vezes repetida se torna uma verdade autenticada.” Disse: Fritz Goebbels, ministro das Comunicações de Adolf Hitler

“Minta muitas vezes e isto se torna a verdade.”
Palavras ditas por Yasser Arafat

O que é a mentira de fato? Muita gente a define como sendo o contrário da verdade. Mas posso afirmar que, tudo aquilo que tem um oposto, certamente não é verdade! O sol tem um oposto? A água tem um oposto? Você tem um oposto? Quais os opostos de cada um que citei? Então o que é a mentira? Ora, mentira é meramente uma contradição – o que mais ela poderia ser?

Perceba o mecanismo da mentira: Estamos neste mundo, e fazemos dele uma cerca de padrões, de deveres, de obrigações, de desejos e sensações. Por causa do nosso desejo, por causa dos desejos dos outros, surgem os padrões, e por causa destes padrões vêem as sensações e as contradições.

Quando uma pessoa dá nascimento a uma mentira? A coisa funciona assim: uma pessoa tem um padrão a seguir, mas ela não consegue porque está sentindo um outro desejo. A lei é para não adulterar, mas ela está desejando e ficando com uma outra pessoa que não é aquela com quem se casou. Então vem a mentira, porque tal pessoa disse no ato de seu casamento – aliás, ela jurou – que seria fiel até que a morte os separasse. O que é isso? Uma contradição! O que é a mentira? Uma contradição!

A sensação de ser reprovada, de ser discriminada, de ser rejeitada, castigada... Essas sensações fazem mentir. Muitas pessoas aceitaram, concordaram em não trair. Então elas traem, e porque elas traem, ficam com medo do que possa lhes acontecer – elas não podem dizer que estão traindo! O que é isso? Uma contradição! É disso que surge a mentira! De uma contradição.

Lembre-se: Contradição é fazer diferente do que se promete, do que se diz. E o fazer diferente do que se diz, do que se promete é: MENTIRA.

Agora, para não deixar as freses acima sem ligação com o texto, vou finalizar dizendo: Se você não foi fiel por um determinado tempo a uma decisão sua, mas disse incessantemente, desde o começo, que era fiel até conseguir! Então essa foi uma mentira que passou a ser verdade.

Edson Carmo

20 comentários:

Edinelson Lopes disse...

Graça e Paz

A quanto tempo não passo por aqui, mas consegui, pelo menos para lhe deixar um forte abraço.

Quanto à publicação: a pouco tempo fui colocado numa situação crucial, mentir ou não em meu trabalho. Resolvi pela verdade antes mesmo de entrar na sala do chefe e lá dentro a resposta firme me permitiu achar graça, graças ao SENHOR, ao olhos de meu chefe.

Corri algum risco? Sim e não! Sim aos olhos daqueles que ainda não entendeu que eu estou morto. Não aos olhos do próprio Pai.

Estamos com novidades, aguardo sua visite e comentário sobre nosso novo lay-out!

Forte abraço!
Edinelson Lopes
MINISTÉRIO SIGA O MESTRE

Edson Carmo disse...

Querido amigo Edinelson Lopes,

Graça e Paz

A verdade é o que tem de ser dito, sempre. Daí, ficamos nas mãos de Deus.

Obrigado pelo seu depoimento, sua participação.

Vou lá ver as novidades!

Forte abraço do amigo,

Edson Carmo

Lórah Claus disse...

A pior mentira é aquela que contamos pra nós mesmo, e contamos com tanta convicção que acabamos acredintando... e por outro lado quando mentimos pra nós mesmos e acreditamso nisso. levanso outras pessoas a acreditarem tbm....

Muito bom seu post kerido amigo.....
espero que vc viva rodeado sempre de verdades
òtima semana

Edson Carmo disse...

Querida amiga Lórah Claus,

Enquanto a fala – seja ela qual for – não corresponder com o que se fez ou com o que se faz, isso é mentira. Então se alguém diz: “eu te amo” sem amar a quem afirma, está mentindo. Mas se a mesma pessoa continuar dizendo isso, até que o amor nasça; então daí por diante ela estará falando a verdade. A mentira não é o que se diz, mas a contradição entre o que se diz e o que se faz.

Muito obrigado por seu comentário, sua participação e seus votos.

Ótima semana para você também é o que deseja seu amigo.

Edson Carmo

Cantinho She disse...

Oie... enfim odeio mentiras, sempre preferi a mais cruel verdade do que a mais amena mentira... SEMPRE!
Beijo, beijo! ;)
She

Edson Carmo disse...

Amiga querida, She!

Fico mais feliz em saber que não suportas a mentira.

Obrigado pelo testemunho.

Um grande abraço do amigo,

Edson Carmo

Rener Brito disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rener Brito disse...

Por que os homens mentem? Dizem que é feio mentir... E quando se é a própria mentira?!
Sim, os homens são a própria mentira, o que poderia ele fazer e dizer no mundo da verdade.
O homem deixou o seu estado original em Deus que é o mundo da verdade, e se tornou o que ele é hoje a mentira.

Por isso Cristo diz: “Eu Sou O caminho a verdade e a vida”
É em pregado nas palavras de Cristo o artigo definido “O” quando se refere ao “caminho”, que é a única direção verdadeira para o homem volta a ser a verdade e ter vida.

Abraço.

Rener brito.

Alma Inquieta disse...

Olá Edson,

passo para dizer-te que não saberia viver sem os meus amigos.
Para ti, que fazes parte deles, vai o meu carinho e o meu agradecimento em forma de palavras escritas no meu blog. A acompanhá-las há um presente feito especialmente para ti...
Visita o meu Estados de Alma e verás...

Um beijo.

Rejane-Enajer disse...

Todos os dias venho aqui=mentira.
Sempre que venho aqui, encontro textos maravilhosos=verdade.(rsrs)

Gosto de como escreve.
Um abração !!

Hermes C. Fernandes disse...

Olá Edson!

Parabéns pelo conteúdo apresentado em seu blog. Edificante e desafiante. Já o estou seguindo.

Aproveito para lhe convidar a conhecer meu blog, e se desejar também segui-lo, será uma honra. Seus comentários serão muito bem-vindos lá.

www.hermesfernandes.blogspot.com

Te espero lá!

Edson Carmo disse...

Querido amigo Rener Brito,

A mentira é o fenômeno da afirmação sem a ação. Assim, quando alguém afirma que fez o que não fez, mente. Quando afirma ser o que não é, é a própria mentira.

Muito bem colocado. Obrigado pelo comentário.

Um grande abraço do amigo,

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Olá querida amiga Alma Inquieta!

Para mim todo o seu blog todo é um presente. Obrigado por me colocar em sua lista de amigos.

Um beijo do amigo,

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Querida amiga Rejane,

Eu queria agradecer seu carinho e seu apoio a este trabalho.

Um abração do amigo,

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Olá meu querido amigo Hermes C. Fernandes!

Parabéns também pelo conteúdo apresentado em seu blog e no youtube. Instrutivo e esclarecedor. Já estou lá - seguindo.

Obrigado pelo convite que para mim é uma honra!

Obrigado pelo seu comentário.

Aceite um grande abraço do amigo,

Edson Carmo

LUmeNA disse...

Edson Carmo,

É possível compreender a razão porque há contradição em nós mesmos? Ou porque há negação em nós mesmos?

Uma mentira é sempre mentira, ou seja, TUDO que tem um contrário é, sem sombra de dúvidas, uma mentira.

Uma verdade é sempre verdade, ou seja, NADA que tem um contrário é, sem sombra de dúvidas, uma verdade.

A mentira é a NEGAÇÃO, daquilo que é, não pode ser nunca um CONTRÁRIO.

Também, na certeza das certezas, a mentira não é o oposto da verdade.

Quando encaramos as coisas com muita profundidade, quando vamos à raiz de tudo, da forma como vivemos numa existência contraditória, acontece o seguinte: todos queremos paz, mas dentro de nós se cria uma negação, porque somos nacionalistas; todos queremos evitar miséria social, mas dentro de nós a sempre negação, somos individualistas. Vivemos em constante negação, porque somos escravos das nossas sensações, que nos transportam para desejos.
Tudo que esteja à volta de uma mentira ou de uma verdade, não é para ser rejeitado, ou para ser aceite. É necessário que haja uma grande compreensão do que implica sensações.
Por natureza o ser humano usa máscaras quando lhe é útil e, evita-a quando aparece outra determinada situação mais vantajosa, mais agradável. Aqui existe contradição que cria a mentira. Em oposição, o ser humano inventa a "verdade". Mas, eu digo que seguramente a verdade não é oposto da mentira e vice-versa.
Quando estamos cientes de todo o significado da contradição em nós próprios, pela sua própria natureza, provoca em nós uma mudança extraordinária, passamos a ser o que somos, e não outra coisa que estamos a tentar ser. Para evitar a possibilidade de surgir uma contradição, não mais vamos atrás de um ideal, não mais vamos à procura de felicidade. Simplesmente, somos o que somos. A partir daí a mente não mais cria ilusões, a mente não mais formula hipóteses, a mente não mais tem alucinações, a mente não mais apega-se à experiência da verdade. Porque simplesmente, se criou ordem em si mesma, ou seja, a mente está em ordem.

Abraços,
Lumena

LUmeNA disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nâna Pessoa disse...

E como sempre, me pôs a pensar!!

Obrigada.

Edson Carmo disse...

Querida amiga LUmeNA,


Edson Carmo,

Sim, é possível! E contradição e negação são as mesmas coisas nesse contexto.

Se eu sou uma “coisa”, e afirmo outra! O que estou fazendo? Negando aquilo que sou, não?! E essa minha negação não é uma contradição em relação “àquilo” que sou?

Obrigado por sua participação e contribuição!

Abraços do amigo,

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Querida amiga Nâna Pessoa,

Obrigado pelo testemunho, ele é muito incentivador!

Obrigado por compartilhar!

Um grande abraço do amigo,

Edson Carmo