sábado, 10 de abril de 2010

A DESFORMAÇÃO DO EGO


As experiências que são acumuladas, os aprendizados, os conhecimentos, os condicionamentos, a lembrança dos sucessos, dos fracassos, dos sofrimentos, os relacionamentos... Todas essas coisas compõem aquilo que chamamos de “ser.”

Por um momento peço que imagine que você não tem um nome, um título de formação, uma identidade, uma nacionalidade – o que lhe parece essa situação? O que resta se você não tiver mais nada disso? O que acontece se você não for mais esses nomes, nem o que está acumulado nesse corpo/recipiente?

Observe, os nomes são sons que saem das bocas. Quando não são pronunciados ainda restam imagens na cabeça – e isso é o que costumeiramente chamamos de nosso “ser.”

O que acontece quando você não acredita ser esses nomes? O que acontece quando você não se considera as suas experiências acumuladas? O que acontece quando essas coisas estão lá, mas não são mais consideradas o seu Ser?

Quando isso acontece, às coisas passam a acontecer apenas à forma, porque não há mais formação do “ser” através disso. Então lá agora só existirá uma testemunha, um observador, um campo de percepção – que é o que você É, o seu Ser verdadeiro.

As histórias que você vinha contando a você mesmo em sua cabeça sobre quem você é, se tornaram sem importância. Não lhe dá mais uma identidade, porque você não deriva o seu "ser" da história, da história que foi formada em sua cabeça, essa que é apenas, um conjunto de nomes, imagens, experiências acumuladas, conhecimentos acumulados... O falso “ser” derivá-se desta acumulação, mas o verdadeiro Ser não.

Cada experiência é conteúdo, lembre-se você é o frasco. Na verdade você é o observador, a testemunha, o espaço onde tudo acontece. Quando você vive no fictício senso de “ser”, você está sempre procurando por coisas que possam fortalecer o falso “ser.” Mas quando você conhece a verdade, então você É completo.

Você pode perder, você pode acrescentar conteúdo a este senso de “ser”, e tal ilusão de “ser” nunca estará completo. E é isso que as pessoas estão chamando de Ser, mas isso é o EGO.

Edson Carmo

29 comentários:

IVANIR SEVEN disse...

A paz do Senhor irmão, Deus sempre faz e trabalha em nosso ser, se deixamos Ele agir em nosso ser, Ele faz coisas impossíveis acontecer e Ele transforma o homem em uma nova criatura, para a honra e glória do Seu nome. Fica na paz meu irmão Desejo uma chuva de bençãos pra você e sua familia.

angela disse...

Um bom texto. Explia de maneira simples materia muito ompliada.
beijos

Edson Carmo disse...

Querido amigo IVANIR SEVEN,

Concordo com você – “se deixarmos Ele agir em nosso ser”

Ótimo comentário, obrigado!

Abraços do amigo,

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Querida amiga Ângela,

O simples é da consciência, o complicado é da mente – essa que tanto mente. Você olhou para o texto com consciência, por isso achou-o simplificado. Ótimo querida!

Obrigado por seu constante apoio a este trabalho.

Receba um abraço carinhoso do amigo,

Edson Carmo

Noemia Ferreira disse...

Sou tão egoista que o augio do meu egoismo é querer ajudar '

Beijoos, Paz '

Tamires Bastos disse...

PAZ DO SENHOR

Irmão Edson,parabêns pela postagem.Espero aprender muito com tudo isso.
Pois como diz na palavra de Deus:''Quem é santo santifique-se mais..''
Amém !
P.S:Realmente confundimos bastante o EGO com o ser,o irmão Rener mensiou isso algumas vezes.!!!

Um abraço!!
vou postar assuntos novos,dá uma olhada e se quiser divulgar tb pode.Muito obrigado!!!
Com Carinho,
Tamires Bastos

cantinho she disse...

...
Bjo,bjo! ;)

LUmeNA disse...

Excelente texto.

É a mente que nos trai, mas tudo não passa de uma mera ilusão. Na nossa dimensão física, a mente-ego, é isso aí! Coloca todos os factos numa linha temporal, os sentimentos, lembranças e percepções sensoriais, sendo a nossa parte mais superficial. Ele, o Ego, acredita que o Ser é só o corpo físico, que o mundo real é só o material. Tem medo da morte, e cria na nossa cabeça armadilhas, para ficarmos iludidos e não nos deixar alcançar a Consciência.
Para quê títulos, para quê nos endividarmos? Precisamos assim de tantas coisas? Tomamos fórmulas milagrosas para emagrecermos, ou fazer músculos, compramos muitas roupas e acessórios para enfeitar o nosso corpo, acreditamos que a riqueza e o poder nos traz felicidade e passamos a vida inteira a correr atrás dessa ilusão, por causa de tanto ego! Aqui está novamente o ego a martelar a minha cabeça!
Um novo dado posso sentir a cada instante, e para isso, tenho de experienciá-lo, e absorvê-lo. Não posso ter tendência à acomodação com o ego.
Para perceber bem, vejo assim: oiço duas vozes na minha cabeça, uma, com conselhos nobres e outra a dar-me ideias egóicas, todo o sofrimento que a mente encontra para me prender na inconsciência. É aqui, que o mal-estar surge como uma oportunidade, para aceitar este momento presente e tornar-me consciente com o que se passa comigo. Assim, neste momento a consciência desperta em mim a Verdade e, a alegria invade o meu coração.

Vamos meditar nesse texto, pessoal!
Chega de sofrimento, chega de ilusão.
Vamos abraçar a Consciência e, atingir a Felicidade.

Abraços,
LUmaNA

Irene disse...

Olá, Edson !!!

Gostei do seu post. Em um mundo cada vez mais superficial, é bom ter alguém que lembre da importancia do conteudo.
Atualmente, é facil encontrar pessoas que são bonitas ou que se preocupam com a beleza. Mas está se tornando dificil encontrar pessoas inteligentes, solidarias...pessoas que tenham algo, realmente, importante para conversar...pessoas que se preocupem com aquilo que pensamos e sentimos, afinal, o conteudo não se resume aquilo que a mente produz(pensamentos), mas, tbm, inclui aquilo que o coração produz (sentimentos).
A superficialidade está trazendo consequencias muito desagradáveis para toda a sociedade, pois temos um conjunto de pessoas no qual a maioria não se importa de "passar por cima" dos outros e essa falta de "bem querer" ao proximo se traduz como "falta de principios" o qual constitui um importantissimo conteudo do ser humano.
Enfim, se não cuidarmos de nossos conceitos, sentimentos, pensamentos e tudo aquilo que nos compõe, seremos indignos de nos chamar de "seres humanos", pois a criação divina (raça humana) possui consciencia para se diferir dos animais e, se não usarmos essa consciencia, estamos nos afastando do sentido de humanidade.

abraçosssssssssssss

Rener Brito disse...

O EGO é um subproduto do viver com os outros. Ai alguém pode perguntar, e se uma criança vivesse totalmente sozinha?! Ela nunca chegará a desenvolver um EGO, mas isso não vai ajudar. Ela permanecerá como um animal e com isto não significa que ela virá a ter um verdadeiro EU.

O verdadeiro Eu somente pode chegar através daquele que tudo criou - O criador de todas as coisas – é Ele que sabe nos indicar o caminho de volta a nossa essência, e que eu chamo não de Ego ou de Eu, mas simplesmente de Ser.
Portanto, o EU neste processo nada mais é, do que, uma esquizofrenia do próprio EGO.

Agora se cremos que O Criador fez o homem à sua imagem e semelhança, e compreendermos quando o grande Mestre Jesus nos diz: “nasça de novo” - entendemos que não há espaço para Ego ou Eu, mas para Ser, um só com Ele, onde tudo se torna um cosmo.

Edson Carmo disse...

Querida amiga Noemia Ferreira,

Quero que você pense sobre isso: nada que vem do EGO ajuda. O que vem do mal é mal. Somente o que vem do bem faz bem. Esse é o princípio.

Portanto uma mangueira jamais dará banana, pela própria natureza das coisas é impossível.

Beijos, Paz!

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Querida amiga Tamires Bastos,

PAZ DO SENHOR!

Se você olhar para qualquer coisa com humildade o aprendizado é certo. Sinto-me honrado e ao mesmo tempo grato por seu adendo.

Aceite um abraço do amigo,

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Querida amiga She,

De fato o assunto para muitos é bastante reticente!

Bjo,bjo! ;) do amigo,

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Querida amiga LUmeNA,

Sim, exatamente!

Belíssimo comentário!

Abraços,

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Querida amiga Irene,

Que bom que você gostou! Que bom que você compartilha seu penasamento...

Abraçosssssssssssss do amigo,

Edson Carmo

cantinho she disse...

Ei querido, passando pra te desejar uma linda semana!
Bjo, bjo! ;)

Edson Carmo disse...

Querido amigo Rener Brito,

“Ai alguém pode perguntar, e se uma criança vivesse totalmente sozinha?! Ela nunca chegará a desenvolver um EGO, mas isso não vai ajudar. Ela permanecerá como um animal e com isto não significa que ela virá a ter um verdadeiro EU.”

Essa sua assertiva me parece uma condensação das filosofias indianas. Peço que confronte com a Mensagem do Mestre Jesus Cristo que diz:

“Em verdade vos digo que se não vos converterdes e não vos fizerdes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus. Portanto, aquele que se tornar humilde como esta criança, esse é o maior no reino dos céus. E qualquer que receber em meu nome uma criança tal como esta, a mim me recebe” (Mateus 18: 3-5).

Para Jesus o estado de Criança não é um modelo animal, e sim um modelo para aquele que quer entrar no céu. Como o Mestre disse: “aquele que se tornar humilde como esta criança, esse é o maior no reino dos céus”

Eu creio que quem aceita o estado de criança, recebe também a Jesus.

Estou certo que seu texto trouxe a todos grande contribuição, pelo que te agradeço!

Receba um abraço do amigo,

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Amiga, uma linda semana para você também!!

Bjo, bjo! ;)

Edson Carmo

Rener Brito disse...

Concordo com você, esta é a mais pura verdade.

Mais se você não percebeu, a criança que Jesus se referiu foi uma e eu outra.
Acriança que Jesus se referiu é uma criança no ceio da sociedade, e a que me referi é a criança que vivesse sozinha ausente da sociedade, como no caso do menino que após ser perdido na áfrica, é encontrado tempos depois com traços animal – e que ficou conhecido como “menino lobo”.
A criança que Jesus se referiu tinha uma consciência social, mas não a do mal e bom.

Abraço.

Rener

Edson Carmo disse...

Querido amigo Rener,

Ainda bem que você concorda com o Mestre, que não estava falando de um estado adulto desenvolvido por qualquer sociedade, seja ela a dos cães selvagens, a dos lobos, ou a dos macacos! É claro que Jesus não estava direcionando seu ensinamento ao meio, mas a pureza de quem vai ser corrompido por ele. Assim, não importa se é Oxana Malaya, se é Mogly ou o Tarzã... Ele está falando ao estado de pureza das crianças.

Muito bom seu texto para aprimorar a compreensão!

Abraços,

Edson Carmo

sarah disse...

TEmos que saber administrar o ego.
Ego é sinônimo de egoísmo, e é ele que nos move... e que nos faz pessoas piores ou melhores, quem sabe !


boa terça-feira pra ti querido.

Edson Carmo disse...

Querida amiga Sarah,

Nós podemos e devemos viver sem o EGO.

Ele é sempre comtra nós. E por causa dele que sofremos.

Obrigado por sua abordagem!

Aceite um forte abraço do amigo,

Edson Carmo

jair machado rodrigues disse...

Querido Edson, vasto é teu conhecimento, oportunos teus post, como este...há quanto tempo o homem vem deixando de lado o SER real e verdadeiro, rendendo-se ao "sistema", ao ter, ao artificial...encontrar o SER não é tarefa fácil, mas não impossível com mentores tão abençoados e inteligentes como tu nos iluminando com tua sabedoria, me trazendo questionamentos nunca antes admitidos ou pensados por mim. Que Deus sempre esteja conosco. Grande abraço.

Edson Carmo disse...

Querido amigo Jair,

Sou um profundo admirador da tua sinceridade e também humildade. Fico mais feliz em saber que este texto, estas palavras tocaram em ti positivamente. Quero agradecer por seu apoio que se manifesta através dos teus adendos.

Aceite um abraço carinhoso do seu amigo,

Edson Carmo

Rener Brito disse...

Como você disse: “Essa sua assertiva me parece uma condensação das filosofias”.

Sim e na realidade o é, - já que o conhecimento da grande maioria a cerca do EGO e do EU, é de um ponto de vista filosófico e não Cristológico.

A minha a bordarem ao menino lobo, também foi filosófica como exemplificação, não tendo nada haver com pureza, mesmo sendo sabedor do texto Bíblico apresentado por você – e que mais a frente ao termino da minha postagem foi apresentado como novo nascimento.

Quando eu disse: Agora se cremos que O Criador fez o homem à sua imagem e semelhança, e compreendermos quando o grande Mestre Jesus nos diz: “nasça de novo” - entendemos que não há espaço para Ego ou Eu, mas para Ser, um só com Ele, onde tudo se torna um cosmo.

Neste momento apresento a solução da questão filosófica do EGO e do EU em Cristo, que na realidade nem é EU e nem EGO, mas um ser em Cristo.

Abraço.

Rener.

Rener Brito disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Edson Carmo disse...

Querido amigo José Rener,

“Não há espaço para Ego ou Eu, mas para Ser, um só com Ele, onde tudo se torna um cosmo.”

O estado onde tudo se torna uma ORDEM!

Exatamente,

Abraços do amigo,

Edson Carmo

MQ disse...

Concordo plenamente...
Muitos são os casos em que as pessoas mudam a sua atitude e os seus comportamentos em função do que os outros querem [os tais nomes e palavras que são pronunciadas] e passam a assim a construir um falso eu [alimentando o ego]e nunca são quem verdadeiramente são.

Parabéns
Abraços do novo amigo
Maxwel

Edson Carmo disse...

Isso Maxwel, exatamente!

Obrigado pelo brilhante comentário.

Um abraço do amigo,

Edson Carmo