terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

O SEGREDO PARA VENCER O MAL


Quando constituímos relações com outras pessoas, com quem ou com o que de fato estamos nos relacionando? De imediato pensamos estar nos relacionando com um homem ou com uma mulher; com alguém negro ou branco, gordo ou magro; com alguém culto ou ignorante; com alguém rico ou pobre... Mas será que a relação é somente com o que pode ser percebido pelos sentidos? É claro que não! Mas as pessoas estão se relacionando, confiando apenas na aparência. E esse é todo o problema da humanidade. Essa é a base de todo o conflito.

Perceba, quando nos relacionamos com as pessoas, estamos nos relacionando também com a felicidade ou com a infelicidade que reside nelas. Como a mais comum, a mais abundante, é a infelicidade, então devemos estar cientes de que ao nos relacionarmos com as pessoas, teremos a possibilidade maior de estarmos nos relacionando com a infelicidade que com a felicidade.

Infelicidade se alimenta de infelicidade. A infelicidade não pode se alimentar da felicidade, porque a felicidade é uma energia incompatível – é como água e fogo. Na bíblia, o Apóstolo São Paulo diz aos Romanos: “vençam o mal com o bem”. O que isso significa? Isso é um segredo esotérico; significa que com o bem o mal não tem como se alimentar, então ele morre.

Portanto, se você se relaciona com uma pessoa, e essa pessoa lhe agride: não reaja com agressão, porque o infeliz que vive nessa pessoa está tentando gerar infelicidade em você, a fim de que ele possa se alimentar.

Quando o mal vier contra você, vença dando a ele o bem. Com o bem não há como o mal se alimentar...

Edson Carmo

8 comentários:

jair machado rodrigues disse...

Meu bom amigo Edson, teve um post passado teu que acabei não comentando, mas fiquei com uma vontade, era sobre egoísmo, mas quando me vieram as palavras, tu já tinhas postado outros (quanta produção hein ?), enfim...mas sempre oportunos para mim teus post, e é verdade, se há o bem o mal não tem como proliferar...no meu trabalho, atendo o balcão também, profissionais e leigos, enfim...e as pessoas querem o seu, como se o mundo girasse em torno de seu umbigo, chegam muitos prontos pra guerra no balcão, muitas vezes, por não estar bem, me deixava levar, e claro, tava feito o entrevero (desnecessário). Tou aprendendo a não fornecer mais este alimento para o mal, respiro fundo, ouço, procuro explicar da melhor maneira possível, e tem dado um resultado positivo...quanto a relacionamentos pessoais, não tenho o que dizer (felizmente ou infelizmente).
ps. Um imenso abraço e que Deus olhe sempre por nós.

Sergio disse...

Hola Edson,

es verdad, contra el mal regala el bien... es la mejor forma de combaterla...

Me gustó leerte.

Saludos argentinos,

Sergio.

Nâna Pessoa disse...

A cada visita um novo aprendizado. Engraçado como muitas dessas colocações são até claras em nossas mentes mas infelizmente não em nossas ações!
Feliz de tu que escreves e daqueles que aqui passam e compartilham um pouco destas lições de vida...

abraço forte querido!
inteh
Nâna

Edson Carmo disse...

Meu bom e querido amigo Jair Machado Rodrigues,

O sofredor que se alimenta do sofrimento, é uma entidade que habita em quase 100% dos corpos humanos que andam por aí a fora. A coisa se processa assim: geralmente há um sofredor acordado e outro dormindo. Então, o que está acordado, desperta o que está dormindo, provocando-o sofrimento. Qual é a intenção real? A intenção real é a seguinte: ele quer que o sofredor que está dormindo, acorde e o faça sofrer também. Um depende do outro e nenhum pode sobreviver sozinho. Agora, não pense que o que está dormindo, está dormindo porque não queira causar sofrimento para os outros e para si. Não não não!Ele está dormindo por esperar alguém que o faça sofrer e, que aceite o sofrimento – é uma troca de energias negativas. É dessa forma que os sofredores se fortalecem e o sofrimento se renova.

Como você tomou conhecimento do sofredor, do processo, do círculo vicioso... agora você está matando o sofredor em você, diminuindo o seu sofrimento e o dos outros. E o resultado é esse que você relatou: “tem dado um resultado positivo...”

Grato pelo depoimento. Como sempre muito bom!

Abraços do amigo,

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Olá querido amigo Sergio,


É isso mesmo. Só existe essa forma de combater o mal. Porque violência gera violência, mal gera mal...

Grato! Sudações do Brasil,.Saludos argentinos,

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Querida amiga Nâna Pessoa,

Fico mais feliz em puder te proporcionar isso... Quero dizer-te que esse espaço também é seu! Entender intelectualmente é o primeiro passo... Entender existencialmente é o último.

Inteh!Abraço forte do amigo!

Edson Carmo

Luana disse...

0iii,meu amigo! Me encanta muito o modo que escreves.Suas palavras não são vazias,possuem essência, exalam Paz e beleza.E isso é muito bom!!!(Quanto ao meu email,anote aí: lu.araujo25@gmail.com)Por estes dias,estarei ausente,tô na maior correria,mas logo,logo retornarei.Tenha uma ótima noite!!!!

Edson Carmo disse...

Oi minha querida amiga Luana,

São muito gentis suas palavras, carregadas de carinho e conseqüentemente de beleza. Muito obrigado por dirigi-las a mim! Grato também pelo envio do seu endereço eletrônico.

Um grande abraço do amigo e uma excelente tarde para você.

Edson Carmo