quarta-feira, 15 de setembro de 2010

PALAVRAS SÃO FOTOS, E O ESPAÇO ENTRE ELAS, UM ESPELHO


Não é na palavra que está à profundidade. A profundidade está no silêncio que intercala às palavras.

Meu objetivo está exatamente aí, levá-lo à profundidade do silêncio, nesse vazio que saparam as palavras.

Por que as pessoas fazem fotos? As pessoas fazem fotos para mostrar algo: uma infância, uma maturidade, uma festa, um acidente... – todo um passado. Mas, para que foi feito o espelho? Ora, o espelho foi criado para mostrar o presente. E é isso que faço, combino letras de forma que as pessoas possam ver suas faces no aqui/agora.

Quando você olha para o espelho, não é o espelho quem você vê. Quando você olha para o espelho, é você quem você vê! O espelho é o mesmo, não muda. Mas a imagem que ele reflete, é sempre a de quem está olhando para ele.

Assim, a profundidade que aqui você vê, não é palavra, não é espelho, é você!

Edson Carmo

14 comentários:

Juci Barros disse...

Fazer com que as pessoas identifiquem-se nas entrelinhas das nossas palavras é amior recompensa para quem escreve e um contentamento para quem lê.
Beijos.

Wanderley Elian Lima disse...

Correto. Nunca havia pensado nisso.
Abração

Edson Carmo disse...

Querida amiga Juci Barros,

É isso mesmo, é quando ler e escrever vale a pena. Obrigado por seu importante comentário.

Beijos do amigo,

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Querido amigo Wanderley Elian Lima,

Fico mais feliz em ter provocado uma nova reflexão. Obrigado pelo importante depoimento!

Abração do amigo,

Edson Carmo

Eugenia disse...

É verdade Edson, refletimos aquilo que realmente somos e transmitimos com as palavras nossa essência...Bom dia.

blasblog disse...

siempre interesantes tus reflecciones, el silencio y las imàgenes reflejas son manifestaciones de nuestro Yo , como lo son nuestros Post en cada blog,
un saludo cordial
Blas

jair machado rodrigues disse...

Meu bom amigo Edson, o sentido das palavras podem nos levar para vários lados de interpretação, o que não é o caso, mas como bem disse Juci Barros, as entrelinhas...e o que vejo no espelho é minha realidade, que foi a mesma quando eu tive 3 anos e será realidade quando me olhar (se Deus quiser) aos 70 anos, será sempre nosso presente.
ps. Desde o post sobre a vertdade do que falamos e do que realmente somos, me bloqueou de tal forma, que só consegui me libertar após resolver este conflito provocado por teu post (sempre nos chamando para reflexão)...e o resultado, ou quase isso, está no meu último post.
ps.2 Grande abraço e Deus mantenha sua luz sobre nós.

Edson Carmo disse...

Querida amiga Eugenia,

É isso aí, tudo é um espelho. De alguma forma tudo que vemos é o reflexo de nós mesmos – o que mais poderia ser? Por isso o Apóstolo São Paulo disse: “Tudo é puro para os puros e tudo é impuro para os impuros.” Ainda o Senhor Jesus Cristo disse: “Se os teus olhos forem bons, todo o teu ser estará luminoso. Se os teus olhos forem maus, todo o teu ser estará em trevas – e que densas trevas.”

Obrigado pelo comentário, a participação.

Ótimo dia e um grande abraço do amigo,

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Ao querido amigo do blog blasblog,

Muito obrigado por seu comentário, sua importante participação!

Aceite um abraço cordial do amigo,

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Meu bom amigo Jair,

Fico mais feliz em saber da sua amizade, em saber que te sirvo, trazendo reflexões...

De tudo que leio de você, sinto que vem do coração – e isso é bom! Muito bom!

Obrigado por estar aqui! Que Deus nos abençoe sempre,

Edson Carmo

Nâna Pessoa disse...

Como sempre faço uma ressalva rsrs, pelo menos comigo é fazer fotos para salvar o momento, nem tanto em mostrá-lo.
E fica mesmo a sensação entre o fato e a foto, entre a imagem e o reflexo dela.
Quantas vezes me olhei no espelho (e ainda olho) perguntando em quem era esta pessoa.
E qual a felicidade em não apenas me achar naquela figura, como também me ver refletida aqui!! =)

ótimo fds!
bj gde
Nâna

Edson Carmo disse...

Querida amiga Nâna Pessoa,

Que maravilha o que você disse:

“fazer fotos é para salvar o momento”

Aquilo que foi salvo tornou-se um arquivo, aquele que salvou continua ativo, numa constante mutação.

Obrigado por seu comentário, sua participação!

Um maravilhoso final de semana.

Aceite um beijo grande do amigo,

Edson Carmo

Cantinho She disse...

hahaha sensacional a comparação que vc fez, mas para não ser repetitiva deixo aqui o meu silêncio maestrado em aplausos pelo post!

Adoro as reflexões que vc nos proporciona, obrigada!

Beijo, beijo!
She

Edson Carmo disse...

E eu amo seus comentários, She!

Obrigado pelo apoio e carinho,

Edson Carmo