quarta-feira, 6 de outubro de 2010

UM MÉTODO EFICIENTE PARA CONHECER A SI MESMO


As pessoas afirmam muitas coisas sobre nós – e nós não acreditamos em tudo, não aceitamos tudo! Muitas afirmações, nós fazemos sobre nós, e as pessoas dizem: “não é bem assim!”

O que acontece? Qual a disparidade? Onde está a contradição? Por que o paradoxo? Você já investigou isso? Será que você se conhece mesmo?

Na verdade somos muito distraídos: percebemos as pessoas, mas nos desapercebemos da emoção, do sentimento que elas nos provocam. Alguém nos provocou alegria, mas não percebemos a alegria tanto quando percebemos a pessoa que nos alegrou. Alguém nos fez raiva, mas não percebemos a raiva mais do que percebemos a pessoa que a ocasionou. E aí dizemos: “Não, eu não fiquei com raiva não” ou “Não, eu não fiquei alegre não, é impressão sua!”. E falamos isso quando todo mundo já testemunhou da nossa alegria ou da nossa raiva, que se manifestou em nosso corpo independentemente de nossas palavras confirmativas ou afirmativas.

Veja, a maioria das pessoas não está lutando contra a raiva que está dentro delas. A maioria das pessoas está lutando contra as pessoas que provocam raiva nelas. Observe, a maioria das pessoas não está buscando relacionar-se com a alegria que está em seus corações. A maioria das pessoas está buscando as pessoas que revelaram tal alegria nelas – elas estão ligadas às pessoas, e não aos seus sentimentos.

Se déssemos mais atenção aos nossos sentimentos, saberíamos mais de nós mesmos. Se observássemos nossos sentimentos no encontro com as pessoas, então poderíamos banir as iras, as raivas... não lutaríamos com as pessoas, e sim com os maus sentimentos. Quantos aos bons sentimentos, nós os elevaríamos dentro de nós.

Nos encontros, sejam eles quis forem, perceba os sentimentos – eles nunca são falsos. Palavras podem ser falsas. Abraços podem ser falsos. Apertos de mãos podem ser falsos. Mas os sentimentos são verdadeiros.

Edson Carmo

23 comentários:

Eugenia disse...

Isso é verdade Adson,nos tornamos reféns de uma aparência que gostaríamos de ter e ser, quando na realidade tudo é muito diferente.
Um abração

Eugenia disse...

Ops, Edson desculpa...

Cantinho She disse...

Gostei! Sentimentos sempre são verdadeiros!

Beijo, beijo!
She

Wanderley Elian Lima disse...

Perfeito Edson. O sentimento é a fonte da verdade.
Um abraço

Juci Barros disse...

Seu post me lembrou uma frase que ouvi há muito tempo:
"As palavras são verdadeiras no exato momento em que são ditas."
Significa que no próximo segundo é o sentimento que pode mudar, e não quem os transmitiu foi leviano ou falso.
Beijos.

jair machado rodrigues disse...

Olá Edson, concordo com She e Elian, se nãop for verdadeiro, não é sentimento, é outra coisa...
ps. Grande abraço.

Nâna Pessoa disse...

Engraçado dizer isso: "... Mas os sentimentos são verdadeiros."

Pois muito nos desconhecemos pela falta de reconhecer os nossos próprios sentimentos. Ou até mesmo ignorá-los com medo de achar que ao nos depararmos com eles, iremos sofrer.

Hoje li em um blog uma coisa mais ou menos assim: "Quem muda dói, mas quem não muda dói mais ainda." E a falta da mudança em si por si é a que mais faz com que sintamos um vazio no peito a solidão por companhia. E são os sentimentos que nos carregam, que nos chamam para a mudança. Infeliz de nós ao ignorarmos este chamado!!

bj gde
Nâna

Edson Carmo disse...

Querida amiga Eugenia,

Parecer e ser. É essa dualidade que faz sofrer.

Obrigado pelo comentário.

Um abração do amigo,

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Querida amiga Sheila,

Em primeiro lugar gostaria dar meus parabéns pelo lançamento do seu livro – CABRA CEGA.

Estou torcendo por você, desejando todo o sucesso!

Obrigado por seu comentário.

Beijo, beijo!

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Querido amigo Wanderley Elian Lima,

O sentimento é sempre nosso. O que falamos, o que pensamos, essas coisas podem ser emprestadas, mas o sentimento não.

Obrigado pelo seu comentário.

Um abraço do amigo,

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Querida amiga Juci Barros,


A afirmativa da frase que você ouviu é falsa, mas a sua afirmativa é verdadeira. As palavras nem sempre são verdadeiras; os sentimentos mudam, mas sempre são verdadeiros. Assim, o que se fala pode ser falso, mas o que se sente não.

Obrigado pela contribuição. Beijos do amigo,

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Meu querido e bom amigo Jair Machado Rodrigues,

E eu concordo com os três. hahahahahahaha...

Obrigado por emitir sua opinião.

Grande abraço do amigo,

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Querida amiga Nâna,

Essa mudança que você está falando chama-se crescimento, amadurecimento.

Muito grato por seu comentário.

Um beijo bem grandão do teu amigo,

Edson Carmo

Nâna Pessoa disse...

Obrigada amigo!!

bjus no coração

Luana disse...

(Esse é o nosso amigo Edson,sempre nos surpreendendo com suas belíssimas postagens!!!)

Gosto muito de ler o que tu escreves,vejo em tuas palavras,ALMA E CORAÇÃO.Vejo sentimento e beleza.Continue sempre assim.

Uma ótima noite pra vc e tudo de bom!!!

Luana disse...

(Esse é o nosso amigo Edson,sempre nos surpreendendo com suas belíssimas postagens!!!)

Gosto muito de ler o que tu escreves,vejo em tuas palavras,ALMA E CORAÇÃO.Vejo sentimento e beleza.Continue sempre assim.

Uma ótima noite pra vc e tudo de bom!!!

Luana disse...

Desculpa por ter publicado o mesmo comentário duas vezes...TIVE UM PROBLEMINHA AQUI NO MEU NOTE...rsrsrs...

Um abraço amigo!!!

LUmeNA disse...

Como nos podemos conhecer? Primeiro de tudo sentirmos que somos felizes, porque a vida tem um propósito que é a felicidade. Quando nos relacionamos com outras pessoas, se nos apercebemos de algo agradável, ficamos bem. Se temos uma experiência pouco agradável, ficamos mal. Isto tudo para dizer que é necessário fazer uma análise interior, para que a felicidade seja o conforto no desenvolvimento espiritual.
A importância do amor e da compaixão dá-nos bem-estar, dá-nos felicidade. Não aquela compaixão que muitos pensam que é ter pena, porque isso nunca pode ser compaixão. É simplesmente a da felicidade, da compreensão, da aceitação, e se tivermos sentimento seremos mais e mais verdadeiros. Sorria e terá bons amigos.

Lumena

Edson Carmo disse...

Querida Nâna,


É meu prazer!!!

Beijos no coração,

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Querida amiga Luana,

Obrigado por seu carinhoso comentário e seu importante apoio.

Um ótima dia para você e tudo de bom!!!

Aceite um grande abraço do amigo,

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Querida amiga LumeNA,

A alma, através do corpo anda em busca de alegria - ela detesta a tristeza. Qual o propósito da viagem da alma? Observe, a alma chegou aqui e um dia vai ter de partir – então ela está numa viagem! Uma viagem num mundo cheio de armadilhas... Essa é uma viagem perigosa, é preciso pensar como se vai voltar dela.

Obrigado por seu comentário.

Abraços do amigo,

Edson Carmo

Eduardo Piereck disse...

Livro 'Novas Ideias', por Eduardo Piereck

Prezado Edson e demais leitores,

É com muita satisfação que informo acerca da publicação do meu livro, o 'Novas Ideias'. É uma compilação de textos escritos aleatoriamente ao longo deste ano, com alguns deles publicados pelo Jornal 'Folha Carioca' e são intercalados com poesias, com enfoque na visão filosófica do tema recorrente do viver. Toma por base os anseios da uma sociedade contemporânea submissa aos valores superficiais, em vista a uma maior tomada de consciência. Espero que gostem!

A obra foi possibilitada graças a uma parceria feita com a editora 'Clube dos Autores', e pode ser encomendado via internet (site seguro), via boleto bancário ou cartão de crédito.

O link para acesso: http://www.clubedeautores.com.br/book/32648--Novas_Ideias

Um abraço,

Eduardo.

Edson Carmo disse...

Querido amigo Eduardo Piereck,

Obrigado pela informação. Desejo sucesso!

Um abraço do amigo,

Edson Carmo