terça-feira, 4 de janeiro de 2011

O MUNDO EXTERIOR NÃO ESTÁ SEPARADO DO MUNDO INTERIOR


No dia-a-dia temos muitos encontros: encontro com pessoas, com animais, com objetos, com fenômenos da natureza, com conhecimentos – textos em diversos conteúdos. No mundo exterior, temos encontro com dificuldades, com presentes, prazeres, dores... Mas observe, tudo que experimentamos no exterior, leva-nos a uma experiência interior. Quando praticamos atos de amor, então passamos a conhecer o amante que há em nós. Quando corremos em fuga de alguma coisa, então conhecemos o medroso, o covarde que dentro de nós está. Através da dor, conhecemos o sofredor. Através da beleza, conhecemos o apreciador e assim por diante! Perceba: é através da experiência exterior que conhecemos o ser interior. Mas o que tudo isso deve nos ensinar? Qual a serventia do encontro? O encontro deve nos ensinar o que devemos acolher e o que devemos perder. O amante deve ser acolhido, aprendido. O medroso deve ser esquecido, perdido. Escolhamos o melhor em nós, aprendamos dele – sejamos ele.

Edson Carmo

6 comentários:

jair machado rodrigues disse...

Meu bom amigo Edson, te encontrei, ou nos encontramos, mas fiz uma escolha melhor para mim, e continuo aprendendo contigo...é tão simples, mas é tão necessário saber isso, que nos passa despercebido...somos o que comemos, já disse alguém...mas somos o que experimentamos, ou, poderemos nos conhecer mais a partir daí..confesso que até então era muito confuso para mim, ao encontrar (...) não conseguir definir o que escolher e o que perder, mas se aprende, quando se busca e quando se encontra o caminho, as palavras certas, ou as que melhor nos servem. OBRIGADO por mais um post revelador para mim.
ps. Um imenso abraço meu amigo, e que Deus continue neste ano a florecer mais e mais em nossas vidas.
ps.2 Eu amo o amor...

Eugenia disse...

Muito do que somos internamente é parte do vivemos no mundo exterior, canalizando em energia positiva ou não, dependendo da índule de cada pessoa. Eu por exemplo se me magoam, fico triste sim mas, passo as outras pessoas ao meu redor que ser gentil e amável é muito gratificante.
um doce abraço em ti meu amigo.

Sandra Botelho disse...

Hoje mesmo estava falando sobre isso com uma amiga...Preservar o que há de bom em nós e enterrar ou descartar aquilo que nos incomoda.
Gostei demais do texto.
Bjos achocolatados

Edson Carmo disse...

Querido amigo Jair,

Sem duvida você é um dos incentivadores do meu trabalho na internet. Fico mais feliz em puder estar proporcionando a você e a tantos outros uma boa reflexão – é isso que me faz sentir ser uma flauta na boca de Deus.

Seu comentário também é uma ótima reflexão, pelo que lhe agradeço.


Aceite um abraço do seu amigo,

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Querida amiga Eugenia,

Cada um deveria ser: SER HUMANO. Mas, infelizmente, o homem pouco tem descoberto o humano, levando uma vida identificada com o animal. No dia que o homem descobrir o seu SER, a humanidade viverá no paraíso.

Grato por sua participação!

Um doce abraço em ti minha amiga.

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Querida amiga Sandra Botelho,

E eu gostei demais do que você escreveu aqui.

Grato!

Beijos achocolatados do amigo,

Edson Carmo