quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

SUICÍDIO GLOBAL


Muitos costumam dizer: "Nós estamos acabando com o mundo". Mas já disse Antoine-Laurent de Lavoisier: “Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”. Quem está com a razão? O que sei é que a vida acontece num processo constante de trocas entre o nosso corpo e a natureza – o ar entra no corpo e sai do corpo, a comida entra no corpo e sai do corpo... Então se a natureza se tornar veneno, o corpo morrerá. E o que o homem está produzindo? Veneno!

O que me dói mesmo é ter consciência de que os homens nem ligam, não tão nem aí, não se importam com isso – trata-se do suicídio global.

Edson Carmo

Um comentário:

Josane disse...

Ótimo,muito bem colocado
suicídio global,infelismente
é isso mesmo, o blog esta lindo
parabéns,são muito importantes,suas
mensagens a cada dia te adimiro mas
pois o Papai do Céu tem te usado,ô Glórias por isso você é muito importante para mim!sinta - se abraçado agora...