sexta-feira, 6 de novembro de 2009

AMAR E MEDITAR


Há momento de oferecimento e há momento de recolhimento. Há o momento de falar e há o memento de silenciar. O ser humano é assim: por vezes está exteriorizando e por vezes está internalizando. Quando você estiver em recolhimento não faça disso um problema, não se sinta culpado – ninguém consegue permanecer em oferecimento vinte e quatro horas por dia. Todos precisam de um momento de descanso.

Quando você estiver cansado da multidão, é momento de entrar em solidão.

É claro que os que gostam de você não querem lhe ver recolhido, mas é preciso estar um pouco consigo.

Quando você não quiser se relacionar; quando você não quiser compartilhar; quando a sua energia não estiver se movendo para fora, vá para dentro de seu ser, ela estará fluindo lá, então é o perfeito momento para si analisar e transformar.

Quando você se sentir frio, feche as portas para os relacionamentos, para o estar com as outras pessoas. Ao sentir que você está frio, vá para sua casa interior e relacione-se com você mesmo. Esse é o momento certo para aprender, para crescer.

E quando você voltar a se sentir quente, caloroso, mova-se para fora... Aprenda a usar bem ambos os estados – tudo dará certo.


Edson Carmo

14 comentários:

Mscl disse...

Ser capaz de calar em alguns momentos exige coragem, já que para muitos esse recolhimento pode ser sinal de fraqueza, frieza...
O importante é se conhecer e se respeitar.

Cátia disse...

neste momento preciso de me recolher...

Eduardo Medeiros disse...

Oi Edson, beleza? como vai a linda fortaleza? ih, rimei sem querer rsss

Belo texto esse. São aqueles momentos necessários que nós temos que fazer uma viagem para dentro, encontrar com nós mesmos, ouvir o silêncio e sentir Deus fluindo como brisa em nosso coração.

Isso faz um tremendo bem para a alma e se chama meditação.

Edson Carmo disse...

Mscl,

O calar é externo e exige coragem em relação às pessoas. O silenciar é interno e exige determinação em relação a si mesmo. Conhecer-se a base!

Graças,

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Cátia, Faça isso!

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

E o Rio de Janeiro, ta maneiro?! Kkkkkkkkkkk

Eduardo, Fortaleza ta melhorando, ela está se modernizando...

Que bom que seus olhos são iluminados e capazes de perceber a beleza. Que bom que você entende a necessidade da viagem interior, essa busca de todo coração que nos faz encontrar Deus. Que bom que você sabe que a meditação faz bem a alma, tanto a contemplativa quanto a reflexiva.

Obrigado pelo carinho e sabedoria com que sempre comenta aqui.

Edson Carmo

Jenifer&Jerferson disse...

As pessoas muitas vezes esquecem de se olharem para dentro de si mesmas. Só conseguem enxergar o que está nos outros. A introspecção é salutar . Ela nos conduz a refletir sobre quem somos, o que desejamos e aonde queremos chegar. Muitas vezes apresentamos uma postura na vida que não nos traz prazer mas não entendemos o porquê de repeti-la no nosso dia a dia. A origem está nas nossas vivências passadas e somente através do recolhimento, do olhar para dentro é que podemos alcançar esse entendimento.
Muito bom o seu blog.

Edson Carmo disse...

Jenifer&Jerferson

O nosso conjunto sensorial é todo voltado para fora; todo ele está adequado para captar e perceber as coisas de fora. Se não fossem os espelhos, nem mesmo a nossa face externa seria vista..., daí toda a dificuldade do ser humano de conhecer seu ser interior.
Gostei muito do seu comentário, obrigado pelo incentivo.

Edson Carmo

Norma Villares disse...

Excelente texto, para bem refletir.
Gostei de seu blog, estou seguindo seu blog, voltarei mais vezes.
Bom final de semana
Um grande abraço

Edson Carmo disse...

Olá, Norma!

Que bom que este texto tocou em sua qualidade interior. Obrigado e fique a vontade para voltar e comentar.

Edson Carmo

busquesantidade disse...

Os bipolares sempre nos sentimos culpados por voltarmos muito intensamente para nosso interior, pois isso nos isola e nos afasta das pessoas, mas pode reparar que a maioria de nós, é rica interiormente, embora muitas vezes nem consigamos expressar isso de forma correta. Não digo que ser bipolar, ser doente, é uma coisa boa, mas tem seu lado considerado positivo, pelo menos por mim e para mim. Vida interior intensa é muito bom. Rsrsrs... Seu blog é maduro à beça. Amei. Abraço fraterno. Lourdes Dias. E cada vez mais santo, tá bem?

Adh2bs disse...

Boa noite!
Encontrei-o na lista de seguidores do meu blog - Arquitetura e poesia - e vim retribuir a visita. Confesso que comecei a ler muito interessado, fui lendo os posts passados e terminei... emocionado. Pela simplicidade das suas palavras evidenciando coisas gritantes que a gente não consegue ver, tragado nessa pressa insana de viver o nada, confundindo preço e valor, deixando pra depois o importante enquanto o importante está ali mesmo ao nosso lado, pronto para ser colhido, acolhido, vivido, abençoado ou auxiliado...
Se me der licença, vou colocá-lo entre meus favoritos e virei mais vezes, já que sempre aprende se a gente estiver atento.
Muito obrigado, grande abraço,
Adh2bs

Edson Carmo disse...

Lourdes,

Ser bipolar é carregar dois pólos em si. Há os que estão no pólo positivo, há os que estão no pólo negativo e há os do meio. Há os morais, há os imorais e os amorais. Há os do bem, há os do mal, mas o objetivo é estar acima do bem e do mal. Adão e Eva viviam acima do bem e do mal, a desgraça deles foi ter conhecido estas polaridades – ficarem conhecedores do bem e do mal.

Muito obrigada por estar aqui exalando sua fragrância. Estarei cada vez mais separado(santo).

Abraço fraternal,

Edson Carmo

Edson Carmo disse...

Adh2bs,

Espero que você tenha ficado emocionado tanto quanto estou, agora que li seu comentário. Concordo com você, com o seu dizer.

Obrigado! Para mim é uma honra fazer parte da sua lista de favoritos, mais ainda, ter você, o seu conteúdo aqui.

Um grande abraço,

Edson Carmo